Reembolso de Gastos do Seguro Viagem

Tá de férias? Foi fazer um intercâmbio e contratou aquele seguro de viagem? É importante ficar atento a algumas informações necessárias, caso você precise ser reembolsado com os gastos inesperados do valor do seguro. Imagina só: Você guarda seu dinheiro todos os meses para ir até a Europa, mas de repente come alguma comida em algum restaurante que lhe faz muito mal. Precisando de atendimento urgente, como proceder nesta situação? Veja só, separamos algumas dicas que vão te ajudar em casos assim.

Reembolso de Gastos do Seguro Viagem

Para que serve um Seguro viagem

A contratação deste serviço serve para garantir sua proteção enquanto estiver fora do Brasil, seja a trabalho, a passeio ou a estudo. Tendo um seguro, você tem o direito de receber uma indenização, reembolso em caso de sinistro (sinistro é o risco previsto e coberto pela apólice).

Não importa se sua viagem seja curta ou longa, recorrer a uma seguradora é extremamente importante. Nunca sabemos quando de fato ocorrerá um imprevisto, quando você poderá quebrar uma perna, enfim! É preciso prevenir. Confira as principais despesas cobertas por um bom seguro viagem:

  • Médicas, hospitalares e odontológicas;
  • Translado médico;
  • Morte em viagem;
  • Invalidez por acidente;
  • Regresso Sanitário.

 

Essas coberturas mencionadas, e as adicionais variam conforme o tipo de viajante. Elas vão desde proteção à bagagem até auxílio em despesas com assistência jurídica. Veja só:

  • Despesa Jurídica;
  • Extravio de bagagem;
  • Despesa farmacêutica;
  • Cancelamento de viagem;
  • Assistência de fisioterapia.

Essas são apenas algumas das coberturas adicionais oferecidas pelas seguradoras, vale a pena perguntar sobre cada uma delas na hora de cotar seguro viagem.

Como conseguir meu reembolso ou indenização do Seguro Viagem?

Para que você consiga receber sua indenização ou reembolso após um sinistro, é preciso que faça a contratação de uma cobertura correspondente. Isso significa que: Você não receberá indenização por bagagem extraviada, se não a incluiu no pacote do seguro.

Fique atento também ao valor da indenização. Caso ocorra algum problema, você só terá direito de receber o valor máximo contratado, ainda que suas despesas ultrapassem esse valor. Exemplo: Se você contratou uma cobertura de despesas por R$500 reais e seus gatos foram de R$1000, terá de arcar com a diferença.

Tenha sempre em mãos o número da sua apólice e telefone do suporte. Se você precisar em algum momento da viagem, a central de atendimento estará pronta para te atender. Verifique se sua seguradora oferece ligações a cobrar em situações emergenciais.

De modo geral, as seguradoras orientam que o sinistro seja avisado o quanto antes, assim as providências podem ser tomadas rapidamente. Por isso é importante que você guarde todos os seus comprovantes de gastos no exterior. Eles serão solicitados pela seguradora, para que ela possa reembolsá-los.

O prazo para conseguir ter acesso à indenização é de em média 30 dias após a entrega dos documentos, notas fiscais e comprovantes.  Atente-se para o envio desses papéis. Normalmente recomenda-se que sejam entregues as notas originais ou cópias autenticadas. Sempre analise as condições do seu seguro, ou entre em contato com a empresa que contratou.

Não se esqueça de escolher um bom seguro viagem, para não ter dor de cabeça com imprevistos nas suas férias! É bem simples e rápido. Opte por um comparador que permita você comparar, como por exemplo o www.multiseguroviagem.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *